segunda-feira, 18 de outubro de 2010

à quem espera...


Enviamos um poema a uma amiga que esta em estado de espera como eu já estive e como tantas outras se encontram vez ou outra e resolvemos compartilhar com todos. A receita é simples; ler, absorver com a alma, confiar, buscar a paz e viver a vida.


Diário da Tua Ausência

Quando se ama alguém tem-se sempre tempo para essa pessoa.
E se ela não vem ter conosco, nós esperamos.
O verbo esperar torna-se tão imperativo como o verbo respirar.
E aprendemos a respirar na espera, a viver nela, afeiçoando-nos a um sonho como se fosse verdade.
A vida transforma-se numa estação de comboios e o vento anuncia-nos a chegada antes do alcance do olhar.
O amor na espera ensina-nos a ver o futuro, a desejá-lo, a organizar tudo para que ele seja possível.
É mais fácil esperar do que desistir.
É mais fácil desejar do que esquecer.
É mais fácil sonhar do que perder.
E para quem vive a sonhar, é muito mais fácil viver.

(Margarida Rebelo Pinto)

5 comentários:

{Λїtą}_ŞT disse...

Oi minha amada!

É um lindo poema. Algo a se refletir quando a espera já passou de sonho e tornou-se pesadelo e a pessoa ainda não percebeu.
De pesadelos deve-se acordar.
Beijos meus, de saudade.

{Λїtą}_ŞT

lilica disse...

Amada,

Vim ver aqui esse poema.
Aí, me chamou atenção os primeiros versos:

"Quando se ama alguém tem-se sempre tempo para essa pessoa"
E se ela não vem ter conosco,nós esperamos"

Aí fiquei aqui matutando, que seguindo essa linha de raciocínio, se esse alguém tb nos amasse, haveria de ter tempo prá nós, e assim não precisaríamos ficar esperando,é ou não é?

Aí, seguindo mais um pouco no pensamento, comecei a pensar que se precisamos esperar assim tanto, (a ponto do sonho tornar-se pesadelo como disse a Vitinha), alguém que não nos ama como nós o amamos, estamos perdendo tempo em algo que não vale à pena.

Será que estou certa? Temo que sim.

Obrigada amada, por me fazer refletir. Dessa reflexão quem sabe, brotem ações concretas.

Beijosss,

lilica

Shibumi e {(Pupi)}_Shibumi disse...

Não tenho hábito de responder aqui lilikita do meu coração, entretanto agora vou; meu pensamento é conivente ao de Vita e ao seu. Não tema minha amada, na realidade, precisamos ter receitas básicas e práticas de bem viver. O jogo é sério e muito bom em todas suas nuances enquanto há divertimento entre as partes e o amor maravilhoso enquanto a troca é uma constante. Simples assim.

Grande beijo li

*Logo pretendo publicar um texto que iniciei dias atrás, para falar a respeito e ficarei feliz em partilhar com você.

{ÍsisdoEgito}JZ - Tua, somente tua disse...

Queridos,

Não foi esquecimento que me deixou sem escrever e agradecer aos dois, pelo que me enviaram num momneto em que eu estava confusa....

Agradeci a principio no blog O Infinito Particular de ÍsisdoJun, e deixei para com mais calma, vir no canto de voces.

Sabe amigos, deixe-me chama-los assim, posso? Foi em boa hora que o poema me chegou, precisava ler algo que desse alento em meu coração e deu.

Infelizmente, não resolveu as adversidades pelas quais estamos passando, o senhor Jun Zurik e eu, e que vem atrapalhando em muito a nossa relação D/s e SM. Mas deu-me alento e a Ele também.

E há de passar todo esse turbilhão de desagradáveis provações em nossas vidas baunilhas para finalmente podermos voltar a calmaria e a nossa cumplicidade de sempre.

Agradeço de coração pela atenção e carinho com que me tratam...

E falo em nome de meu Dono, porque sei que Ele escreveria as mesmas palavras de agradecimento que escrevo neste momento.

Beijos carinhosos e abraços respeitosos,

Jun Zurik e ÍsisdoJun

MY disse...

Parabéns pelo site, muito bom o conteúdo e gostei bastante da apresentação. boa sorte.
mestre yago
http://sm-semmisterio.blogspot.com/